Cansaço visual: o que é e como amenizar os sintomas

Cansaço visual: o que é e como amenizar os sintomas

O cansaço visual, ocorre quando passamos grande parte do nosso dia dedicados a atividades que exigem foco visual, como dirigir, ler e o uso de dispositivos eletrônicos. Mas, o cansaço também ocorre devido a outras alterações no globo ocular, como miopia, astigmatismo e hipermetropia.

Quando ficamos muito tempo olhando para um mesmo ponto que esteja relativamente perto, a nossa visão se cansa e tende produzir ajustes imperceptíveis. Esses ajustes são chamados de microflutuações, onde um músculo interno do olho se adapta para obter o foco.

Quais os sintomas e como identificar  

A alteração ocorre nos olhos, mas prejudica outras partes do corpo, principalmente porque a condição pode ser desenvolvida a partir do estresse. Os principais sintomas do cansaço visual são dores de cabeça, olhos vermelhos, irritados ou secos e dores no pescoço ou nas costas.

Além disso, pode haver outros sintomas como tremores involuntários das pálpebras e aumento da sensibilidade à luz. Ao sinal desses indícios deve-se procurar um oftalmologista para diagnosticar o problema.

Tratamento e alternativas para o cansaço visual

O tratamento para a fadiga ocular depende da sua causa. Se for ocasionada por doença provavelmente o tratamento será com lentes corretivas com graus. Por isso é importante a consulta com médico oftalmologista.

Mas algumas dicas podem ajudar a amenizar os sintomas. Se você fica muito tempo com o foco visual em um único ponto, tente fazer pausas regulares ao longo do dia e direcionar a visão para um campo mais longe. Piscar mais vezes também ajuda.

Se a sua visão é voltada grande parte do dia para dispositivos eletrônicos, procure fazer pausas que evitem esse contato. Além disso, lavar os olhos com água fria ajuda aliviar os sintomas e a relaxar os olhos.

O cansaço visual é uma alteração que pode ser facilmente resolvida, mas lembre-se de procurar um médico oftalmologista para realizar o tratamento e acompanhamento da condição.

Sobre o autor

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *