Problemas de visão na infância: Saiba como identificá-los!

Problemas de visão na infância: Saiba como identificá-los!

No dia 8 de setembro instituiu-se o Dia da Alfabetização, aprendizado essencial para garantir uma melhor qualidade de vida à todas as pessoas.

Ela inclui, também o princípio de melhores oportunidades estudantis e profissionais em grande parte dos casos no mercado de trabalho.

Esse importante passo do desenvolvimento inicia-se geralmente na infância, fase de descobertas e aprendizados seculares e sociais de grande importância para a formação do ser humano. 

Com isso em mente é relevante lembrar que, tão importante quanto a formação do conhecimento em seu princípio, é garantir que ele possa acontecer com qualidade. 

Por deixar de visitar o profissional oftalmologista de maneira preventiva, diversas crianças ingressam a pré-escola sem possuir uma visão completamente saudável. Isso acontece muitas vezes por elas não conhecerem outra realidade e perceberem a condição tardiamente.

O pior de tudo isso é quando essa assistência tardia oferta agravantes ao problema existente. 

Pensando nisso, preparamos hoje 5 sinais a serem observados que indicam problemas de visão na infância para que ao conhecerem, responsáveis possam atentar-se aos pequenos e providenciar o mais rapidamente possível o acompanhamento de um profissional qualificado para tal.

Segundo informações da Organização Mundial da Saúde (OMS), a cegueira afeta atualmente 39 milhões de pessoas ao redor do mundo, sendo 60% destes casos indicados como situações que poderiam ter sido evitadas.

Atente-se a esses importantes sinais

Quando se trata de crianças dos mais evidentes aos mais discretos comportamentos e sinais distintos do comum, devem ser observados com atenção! Quando se trata da saúde da visão, é o mesmo.

Entre os comportamentos que podem indicar problemas da visão na infância, temos como mais frequentes:

  • Queixas a respeito de dores de cabeça contínuas;
  • Mal-estar durante ou após a realização de atividades que requeiram esforço visual maior (como leituras, atividades com escrita, desenhos e etc);
  • O ato de franzir a testa ao olhar para direções distantes;
  • Vesguice ou estrabismo (podendo esse ser observado com maior facilidade desde que o bebê nasce);
  • A aproximação de objetos que contenham figuras ou palavras (como livros, cadernos e agendas);
  • Desinteresse contínuo por atividades que requeiram leitura ou quaisquer esforços visuais mais precisos. 

Exame oftalmológico preventivo

É comum que os problemas de visão na infância sejam descobertos após o ingresso na escola, pela dificuldade em visualizar a lousa , cartazes e outras mídias, que a criança ainda não estava  acostumada anteriormente.

Isso é tão importante e preocupante que mesmo com informações cada dia mais acessíveis, os pequenos continuam apresentando problemas de visão em um percentual significativo.

Segundo o Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO), aproximadamente 20% das crianças em idade escolar, apresentam algum tipo de problema visual.

Saiba como evitar problemas de visão na infância  

Para evitar que problemas de visão na infância aconteçam, é imprescindível garantir exames oftalmológicos preventivos.

É de enorme importância que isso seja feito antes de as aulas da criança iniciarem. E lhe explicamos o porquê: 

Caso não tenha existido um acompanhamento desde que a criança nasceu, um ano antes de ir para escola isso deve ser feito sem falta.

Isso porque, se algo for identificado, levará um tempo para ter um diagnóstico conclusivo do problema de visão.

Fora isso, a escolha da armação ideal, aguardar sua fabricação e ter que passar pelo período de adaptação da criança com o acessório corretivo, requer um tempo considerável. Por isso, ao sinal de qualquer dificuldade enxergue nos pequenos em realizar a visualização de figuras ou letras, procure um oftalmologista e de preferência o faça mesmo que esses não sejam observados.

Agora que você já conhece o impacto e importância de prevenir problemas de visão na infância, marque uma consulta com um profissional oftalmologista de confiança e conte com a Optiluz para encontrar o modelo ideal para o conforto e segurança de seu pequeno! 

Veja também: 

VISIOFFICE 2: TECNOLOGIA E COMODIDADE PARA ESCOLHER SEUS ÓCULOS

HORA DE TROCAR OS ÓCULOS? CONHEÇA 7 SINAIS QUE LHE MOSTRAM ISSO

Sobre o autor

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *