Ardência nos olhos: saiba o que o sintoma pode significar

Ardência nos olhos: saiba o que o sintoma pode significar

Em um post anterior do blog, abordamos a questão dos olhos vermelhos e quais os motivos por trás deles. No entanto, outra ocorrência muito comum entre as pessoas é a ardência nos olhos. Geralmente, trata-se de algo normal, porém, também pode ser um sintoma para algum problema ocular.

Sendo assim, a seguir, descubra o que pode significar a ardência nos olhos e por quais razões ela ocorre. Continue conosco e boa leitura!

A ardência nos olhos pode ser causada por fatores externos

Esse incômodo nos olhos pode ocorrer em decorrência de irritabilidade e falta de lubrificação. Entre os fatores externos mais comuns, podemos citar, por exemplo:

  • Umidade do ar muito baixa;
  • Alta luminosidade;
  • Ambientes muito quentes;
  • Irritabilidade causada por cosméticos (como maquiagens ou até mesmo protetor solar);
  • Fumaça;
  • Exposição ao vento.

Telas: as vilãs da visão

Este é, sem dúvida, um dos maiores motivos da ardência nos olhos. Aliás, é um dos fatores que estão relacionados à falta de lubrificação ocular.

Após muito tempo de exposição à luz das telas de computadores, televisões ou smartphones, a tendência é que pisquemos menos. Consequentemente, o olho fica mais seco e, como reação natural, ele começa a arder.

Isso também está relacionado à luz azul violeta, que você pode conhecer mais neste post.

 

Ardência nos olhos: saiba o que o sintoma pode significar. Foto/Reprodução: AlessandroPhoto no iStock

 

Mas, o problema da grande exposição a telas não para por aí. Algumas pessoas desenvolvem a Síndrome do Olho Seco. Em resumo, esse quadro caracteriza-se por uma anomalia que leva à baixa produção de lágrimas.

O tratamento da síndrome é feito com colírios ou pomadas, que atuam como lubrificantes oculares.

Sintoma de problemas na visão

A ardência que tem como motivo fatores externos costuma ser breve e, em alguns minutos, tende a diminuir. No entanto, se o incômodo for constante, pode estar relacionado a quadros clínicos mais sérios.

Entre as causas do sintoma, podemos citar, por exemplo:

  • Problemas de visão, como miopia, hipermetropia ou presbiopia.
  • Reações alérgicas (neste caso, é comum que a ardência venha acompanhada de lágrimas);
  • Infecções causadas por bactérias;
  • Deficiência de vitaminas no organismo;
  • Conjuntivite.

Essa última é uma causa muito comum e vem acompanhada de outros sintomas, que você pode descobrir no post “Conjuntivite: o que é e como evitar?

Se a ardência nos olhos permanecer, procure um profissional

Por fim, como dissemos, normalmente a ardência é temporária, quando causada por fatores externos. No entanto, se persistir o sintoma, é recomendado procurar um oftalmologista.

Apenas um profissional qualificado poderá indicar as reais causas da ardência nos olhos e, portanto, tratá-la da forma adequada.

Então, o que achou deste post? Não deixe de compartilhá-lo nas redes sociais!

Sobre o autor

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *